Vamos falar de solidão – pt 1

Me lembro de rir até a barriga doer. É claro que hoje em dia isso acontece, mas não com tanta frequência. Me lembro o quanto eu gostava dos seus olhos castanhos, do modo como tu segurava minha mão, e essa ligação que costumávamos ter. Me lembro do fim de 2009, quando a gente matava aula pra comer doce de leite ninho, quando eu ia na sua casa e a gente ficava na sacada olhando as estrelas e falando sobre ETS.

Eu achava que seríamos para sempre. Que bobo eu nessa altura considerar que tu já foi minha melhor amiga. Eu depositei tanta confiança em você, eu podia morrer quando estava contigo.

Queria um dia entender o que fez com que isso mudasse tanto. Eu sinto falta de brincar de bexigas d’água, essas tardes de sol ainda me lembram você.  Eu sinto falta de quando tu me fazia ficar irritado, e dando risada, dizia que adorava quando isso acontecia.

É claro que não posso te obrigar a lembrar de tudo isso. Se eu pudesse pedir algo, hoje, pediria que esse filme que passa diante de meus olhos quando te vejo, mesmo de longe, sorrindo passasse ao menos uma vez em sua mente também. Pediria que te deixasse sem dormir, que te fizesse olhar nossas fotos e sentir saudades, também. Quem sabe tu me telefone. Me chame pra comer cookies na sua casa, e passe um filme bem água-com-açucar que me faça rir, e consequentemente, faça você rir.

Hoje eu te vejo rindo como sempre, no meio de tantas pessoas. Te vejo intacto, do mesmo jeito que era quando costumava me deixar fazer parte de seu mundo. Queria te mostrar que eu também não mudei muito. Eu não mudo. Não do jeito que tu pensa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: