Escrito em minhas pálpebras.

Quando eu mais queria gritar ao mundo, minha boca se cala. Eu não tenho palavras. E já tentei começar esse texto de milhões de formas diferentes e as letras não colaboram, se agrupando de forma organizada e lógica. Aliás, não há nada de organizado e lógico nos meus dias. Não nos meus dias sem você. Porque o vazio que eu sinto aqui, e na verdade sempre existiu, tem a sua forma. Não há nada, nem ninguém que consiga preencher. O seu lugar está marcado, ao meu lado. Então vem, chega logo, toma o que é teu pra ti e me cerca, me cuida. Pra que as palavras façam sentido de novo e eu nem precise de letras pra dizer nada. A verdade vai estar escrita nas paredes, nos muros das cidades de tal forma que, vai ser impossível não nos ler.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: